sábado, 23 de janeiro de 2010

Chopp no Pinguim - Ribeirão Preto (SP)

Enfim, consegui aparecer por aqui para dividir com vocês mais um bom local para happy hour depois de um dia de trabalho: o Pinguim.

O barzinho tem mais de sete décadas e chega a vender três milhões de tulipas de chopp por ano. Com fabricação caseira, a primeira filial foi inaugurada em 1936, no Edificio Diederichsen, localizado no coração da cidade de Ribeirão Preto (SP). Depois foram inauguradas as filiais no shopping Ribeirão, no shopping Santa Úrsula, também em Ribeirão, e na cidade de Belo Horizonte (MG).

Por enquanto só nessas cidades pode-se desfrutar de um dos melhores chopps de fabricação artesanal do país. Mas, para não ficar na saudade, o bar possui uma lojinha de souvenirs, para guardar de recordação ou presentar amigos e familiares. As lembrancinhas vão desde os tradicionais chaveiros até mesas de madeira; tudo com a logomarca do Pinguim. Lá também, é um dos raros lugares que a pessoa ainda pode comprar um pinguim de geladeira. (Não espalhem, mas comprei um para colocar na casa nova do blog)

Mas, vamos o que interessa. Eu e um colega estivemos em 2 filiais: a do Centro e a do shopping Santa Ursula, já que estamos à trabalho em Ribeira Preto (SP).

Na filial do centro fui de chopp - claro! ou quer dizer, escuro - e para acompanhar uma 'coxa ao creme', que nada mais é que uma coxa generosa de frango com um creme delicioso cobrindo e uma casquinha por cima como se fosse à milanesa. Uma combinação perfeita! A sugestão foi desse meu colega de trabalho. Achei muito saborosa. Valeu a dica.


No dia seguinte... voltamos ao Pinguim. Desta vez, para conhecer a filial do shopping Santa Úrsula. Queríamos desbravar mais o bar, já que não teríamos a mesma oportunidade no Rio de Janeiro.

Depois de ler e reler o cardápio, pedimos sanduíches, já que era hora do jantar e queríamos comer algo mais do que um simples tira-gosto. O colega de trabalho foi de 'Pernil Especial' (Pão ciabata, pernil, presunto, mussarela, azeitona, bacon, cebola e tomate).

Eu resolvi, então, pedir o 'Charme' (Pão Francês, rosbife, queijo reino, tomate, cebola e azeitona chilena). Não nos agradamos muito. A casa peca nesse prato, uma vez que é especializada em tira-gosto. Lá tem uma carne seca com aipim frito que é de comer rezando. A carne bem sequinha, sem gordura e macia, chega a derreter na boca. (Peço desculpas, mas essa foto ficarei devendo).

De sobremesa - já não mais no bar e sim no shopping - pedi um sorvete na Ice by Nice para fechar a noite com chave de ouro. Uma bola de doce de leite e outra de doce de abóbora com côco... uma combinação formidável. Que pena que a sorveteria só tem filiais no interior de São Paulo, pois tem sabores inusitados como damasco, figo ao conhaque, pão de mel e tangerina.


3 comentários:

Melane disse...

Oi, Elinora!

O blog de vocês está de parabéns. Demoro a entrar, mas sempre que faço isso me delicio com as matérias e fotos.
Beijos!!

Eliete disse...

*Nossa todas as sua escolhas das fotos e o que mais gosto no pinguim Sta Ursula , só faltou a mesa de frios completa que voce paga 27, e come o . dia inteiro todo tipo de salada a mesa é composta por variedades acho que tem 3m de mesa. muito bom ah .

Anônimo disse...

nossa! encontrei sem querer o blog e achei muito útil, estava a procura de um lugar bem legal para levar um amigo q esta vindo de tocantins e qdo vi o pinguim achei maravilhoso, eu nao o conheço tao bem, mas com as dicas q tem no blog, me ajudou muito, bjs