segunda-feira, 17 de maio de 2010

Bolinhos do Aconhego Carioca $

Depois de esperar tanto o Sabores e Olhares - até que enfim - conseguiu visitar/conchecer o bar (buteco) e restaurante Aconchego Carioca, situado na rua Barão de Iguatemi, na Praça da Bandeira, na capital fluminense.

Conhecida pelos seus famosos bolinhos de feijoada, a casa, que recentemente mudou de espaço para um local um pouco maior, atrai uma clientela que adora o sabor de comidas nordestinas e cervejas. Não é a toa que o proprietário é Nordestino - da Bahia. Assim que o cliente entra ao estabelecimento tem a sensação de estar em qualquer lugar - menos no Rio de Janeiro.

O cardápio tem em seus ingredientes principais carne seca, aipim (macaxeira), carne de sol, camarão, abóbora (jerimum) e muita, muita pimenta para acompanhar. A do Aconchego é quente, muito quente. Apenas um pinguinho é o suficiente.

Já a carta de 'cervas' disponibiliza ao clientes viajar por outros países, como Portugal, Bélgica, Holanda, Aústria, como também tem uma gama de opções tradicionais e gourmets brasileiras, como a Colorado (Ribeirão Preto), Therezópolis (Rio de Janeiro) e a bastante conhecida Devassa.

Depois de analisarmos cuidadosamente os cardápios pedimos, para começar, uma porção de bolinhos de grão de bico com bacalhau (seis unidades a R$18), que vem acompanhado de um molho de ervas finas, alho, azeite e azeitona preta; e duas cervejas Corona (Mexicana -R$ 14) e Quilmes (Argentina - R$ 9). A massa de grão de bico é espetacular. Para quem não gosta do grão não precisa se preocupar. A pessoa não sente as bolinhas e o gosto não é forte.

Em seguida, pedimos os tão famosos bolinhos de feijoada - uma readaptação da tradicional feijoada para ser transformado em petisco. Os bolinhos - quatro unidades a R$ 18 - são feitos de feijão preto com recheio de couve e bacon, acompanhados de um mini-copo de caipirinha, laranjas e torresmos. Combinações perfeitas! Para acompanhar nada melhor que uma Original (R$ 6). O blog já tinha publicado uma postagem do Bar Cervejarium, em Ribeirão Preto (SP), que servia a iguaria com a mesma receita doada pela chef, mas não é a mesma coisa. O petisco termina ficando diferente sendo elaborado dentro de sua própria 'casa'.

Continuando na perigrinação aos bolinhos e cervejas pedimos o de aipim com bobó de camarão (R$23, seis unidades) com Eisenbahn - Pale Ale (R$ 6,5). Só de ver os bolinhos dá água na boca. Imaginem comê-los!

O gran finale - quando já estávamos todos um pouco alterados - ficou por conta da carne seca com aipim frito (R$ 32) e mais um pouquinho de Original.

Depois de jogar muito papo fora com amigos cariocas fomos embora felizes e satisfeitos e o melhor: gastando apenas um pouco mais de R$ 35 por pessoa.

5 comentários:

Mauro Jr disse...

Esse bar é muito bem localizado, os petiscos são deliciosos, a variedade de cervejas é enorme, o atendimento do garçom Mauricio foi perfeito e a cia dos amigos foi maravilhosa! Sugiro que reservem mesas pois há poucas mesas no Aconchego carioca.

Elcana disse...

ra! Eu nao sei pq mas toda vez q tomo corona aki fico com akela alergia.. toda vermelha!!!

andreia disse...

eita q é alcool todos os dias!rsrs

Elinôra Martins disse...

É sim Liliane. Só faltava vc aqui!!!

Anônimo disse...

Just want to say what a great blog you got here!
I've been around for quite a lot of time, but finally decided to show my appreciation of your work!

Thumbs up, and keep it going!

Cheers
Christian, iwspo.net